Elmord's Magic Valley

Software, lingüística e rock'n'roll. Sometimes in English.

Culinária para os Totalmente Perdidos #1: Miojo com molho de atum/guisado

2013-05-06 05:31 -0300. Tags: cook, home

Isso aqui é tão simples que praticamente não conta como receita, mas dada a freqüência com que eu ouço gente dizer que come o Miojo puro (ou ainda, com aquele temperinho maligno (shudder)), talvez este post possa ser útil.

Ingredientes

O molho

Atum edition: Abra a lata de atum e despeje fora o óleo/água. Despeje o atum em uma panela e deixe cozinhar por cerca de um minuto, mexendo ocasionalmente.

Guisado edition: Despeje um pouquinho assim de óleo (cerca de 5 colheres de sopa) em uma panela e deixe aquecer por uns 30 segundos. Despeje o guisado e deixe cozinhar por uns três minutos, ou até que a carne não esteja mais vermelha, mexendo ocasionalmente.

Em ambos os casos: Feitos os passos acima, despeje o molho pronto sobre a coisa toda e misture, e deixe cozinhar por cerca de dois minutos, mexendo ocasionalmente. Enquanto o molho cozinha, você pode adicionar o orégano (umas três colheres de chá, ou o quanto seu coração disser), se desejar. (Na minha experiência, o orégano fica melhor com atum do que com guisado.) Está feito.

Rendimento: o suficiente para duas porções de massa (veja adiante). Mesmo que você só vá fazer uma porção de massa, se optar pelo atum, é melhor fazer a quantidade "inteira" e guardar o que sobrar, pois atum estraga depois de aberto se não for cozido.

A massa

Use de ¾ a 1 tablete de massa, dependendo do grau de fome, para cada pessoa. (Para referência: 1 tablete = 125g; 1 miojinho = 80g). Ferva água suficiente para submergir o miojo. Despeje o miojo na água e deixe cozinhar por 5 minutos (sim, cinco; aquela história de "pronto em 3 minutos" funciona para o miojinho, mas nem tanto para o miojão), ou até que a consistência lhe agrade. Despeje a água fora e misture a massa com o molho. Divirta-se.

Observações

Você pode fazer a massa e o molho em paralelo e ganhar tempo, ou fazer primeiro a massa e depois o molho e ganhar uma panela a menos para lavar.

Há quem diga que não se deve derramar o óleo do atum na pia, pois provoca entupimento e caos e destruição. Ao invés disso, deve-se coletá-lo e entregá-lo em um daqueles lugares míticos em que se coleta óleo. (Imagino eu que derramar o óleo em uma garrafa e colocá-lo no lixo também seja uma alternativa razoável.)

2 comentários

Culinária para os Totalmente Perdidos #0: Carreteiro de guisado

2013-03-03 19:20 -0300. Tags: cook, home

Você está cansado de comer miojo sem molho quando não tem RU? Você não se arrisca nem com o miojo sem molho e almoça sanduíches no fim-de-semana? Seus problemas acabaram! Com a nova série de posts Culinária para os Totalmente Perdidos, você aprenderá a confeccionar as mais maravilhosas maravilhas culinárias com um mínimo de esforço. Adquira agora mesmo pela nossa oferta especial ligando para (51) 143.54.11.16. E mais! Se você ligar nos próximos 254 instantes, você levará absolutamente grátis sem nenhum custo adicional uma maravilhosa caneta Penalli Fountain Pen! Não perca tempo! Ligue djá!

Ingredientes

Você precisará de:

Algoritmo

Em um prato, pique o tomate e o meio pimentão em dez mil partes de tamanho razoável. (A maneira mais prática de picar o tomate é cortá-lo em dois e picar cada metade. Lembre-se de tirar fora o "caule" do tomate e a parte branca do pimentão (dependendo da metade do pimentão utilizada).) Pique o dente de alho nos pedaços más pequeños del mundo.

Em uma panela, despeje cerca de seis colheres de sopa de óleo de soja. Aqueça por 30~40 segundos. Despeje o tomate, pimentão e alho na panela, e deixe cozinhar por um ou dois minutos, mexendo ocasionalmente. Despeje o guisado sobre a coisa toda e misture; deixe cozinhar por mais um ou dois minutos, mexendo ocasionalmente. Despeje o arroz integral e misture. Deixe cozinhar por uns 30 segundos. Por fim, despeje água suficiente para que o nível fique cerca de um dedo (~1,5cm) acima do arroz. Adicione sal a gosto. Tampe a panela e espere a água evaporar (20~30 minutos). Sirva.

Rendimento

2 a 3 porções, para valores variáveis de fome.

Observações

Sempre usei guisado de carne bovina, mas provavelmente funciona igualmente bem com guisado de frango.

Normalmente eu não uso sal, então não sei exatamente quanto seria uma quantidade "normal" de sal. Provavelmente menos que uma colher de chá rasa.

Pode ser acompanhado de uma farofa pronta (e nesse caso creio que o sal seja definitivamente desnecessário).

Se você quiser se arriscar com arroz branco ao invés de integral, use menos água; arroz branco cozinha mais rápido.

No más

Para mais informações, consulte sua intuição (afinal nós estamos fazendo isso há pelo menos 250 mil anos).

4 comentários

Main menu

Posts recentes

Comentários recentes

Tags

comp (114) prog (51) life (44) unix (32) random (27) lang (27) about (24) mind (22) mundane (21) pldesign (20) in-english (19) lisp (17) web (17) ramble (15) img (13) rant (12) privacy (10) scheme (8) freedom (8) lash (7) music (7) esperanto (7) bash (7) academia (7) home (6) mestrado (6) shell (6) conlang (5) copyright (5) misc (5) worldly (4) book (4) php (4) latex (4) editor (4) politics (4) etymology (3) wrong (3) android (3) film (3) tour-de-scheme (3) kbd (3) c (3) security (3) emacs (3) network (3) poem (2) cook (2) physics (2) comic (2) llvm (2) treta (2) lows (2) audio (1) wm (1) philosophy (1) kindle (1) pointless (1) perl (1)

Elsewhere

Quod vide


Copyright © 2010-2018 Vítor De Araújo
O conteúdo deste blog, a menos que de outra forma especificado, pode ser utilizado segundo os termos da licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International.

Powered by Blognir.