Elmord's Magic Valley

Software, lingüística e rock'n'roll. Às vezes em Português, sometimes in English.

Trocando de janela pelo nome

2015-06-23 02:50 -0300. Tags: comp, unix, em-portugues

Por uma série de acidentes enquanto experimentava window managers hoje,

  1. Eu me dei conta de que seria bem conveniente poder trocar de janela digitando uma parte do título ao invés de procurar na barra de tarefas ou dar vinte Alt+Tabs até encontrar a janela. (Eu me dei conta disso quando, depois de não conseguir achar a janela que eu queria no i3, a minha primeira reação foi querer dar C-x b (o comando switch-buffer do Emacs) e digitar o nome da janela.)
  2. Eu descobri ferramentas apropriadas para tornar isso possível.

[Screenshot do programa 'dmenu']

Você vai precisar de:

Com isso, podemos escrever um pequeno script para apresentar um menu e selecionar a janela escolhida.

O script

#!/bin/bash

option="$(
    wmctrl -xl |
        #         \1       \2       \3       \4       \5
        #         win-id   desktop  class    hostname title
        sed -r 's|([^ ]* +)([^ ]* +)([^ ]* +)([^ ]* +)(.*)|\1 \3 \5|' |
        sort -k 3 |
        dmenu -i -l 10
    )" || exit 1

wmctrl -ia "${option%% *}"

wmctrl -l lista as janelas existentes. A opção -x inclui a classe da janela na listagem. O sed não é estritamente necessário, mas deixa a lista menos poluída removendo campos desnecessários; você pode alterar essa linha para escolher os campos. O ID da janela é meio irrelevante para o usuário, mas precisamos dele para poder passá-lo ao wmctrl para ativar a janela.

sort -k 3 ordena o menu pelo título da janela. Você pode comentar essa linha fora se não quiser ordenar a lista, ou mudar os parâmetros para obter uma ordem diferente (e.g., sort -k 2 para ordenar pela classe).

Quanto ao dmenu, a opção -i faz com que ele ignore maiúsculas vs. minúsculas ao filtrar as opções pelo texto digitado pelo usuário. -l 10 indica que queremos uma opção por linha, e que no máximo 10 linhas devem ser mostradas de cada vez. Por padrão, o dmenu usa apenas uma linha e mostra as opções lado a lado. (Uma coisa meio ruim do dmenu é que ele não dá nenhuma indicação de que é possível scrollar o menu; ele só mostra as primeiras N opções e as demais ficam escondidas.)

wmctrl -a JANELA ativa a primeira janela cujo título contenha a string specificada. Como queremos que a seleção seja inambígua, utilizamos a opção -i, que permite especificar o ID da janela ao invés do título. Para extrair o ID da seleção, removemos tudo depois do primeiro espaço na string ("${option%% *}").

Instalação

Salve o script no local de sua preferência, dê permissão de execução a ele (chmod +x nome-do-script), e associe-o a alguma tecla de atalho no seu ambiente gráfico favorito. Por exemplo, no IceWM isso pode ser feito adicionando no ~/.icewm/keys uma linha como:

key "Super+Tab" /caminho/do/script

substituindo Super+Tab pelo atalho de sua preferência (Super é a tecla "janelinha").

Para mais informações e possibilidades, consulte a manpage dos programas.

Comentários / Comments (2)

Deivid P Mendonça, 2015-11-08 23:33:57 -0200 #

Passando apenas para agradecer. Já tinha tentado algo parecido com o wmctrl e zenity, entranto, achei melhor sua abordagem. Também foi bom conhecer o "dmenu".


Vítor De Araújo, 2015-11-09 12:07:26 -0200 #

Disponha. :)


Deixe um comentário / Leave a comment

Main menu

Posts recentes

Comentários recentes

Tags

em-portugues (213) comp (137) prog (68) in-english (50) life (47) pldesign (35) unix (34) lang (32) random (28) about (27) mind (25) lisp (23) mundane (22) fenius (20) ramble (17) web (17) img (13) rant (12) hel (12) privacy (10) scheme (10) freedom (8) copyright (7) bash (7) music (7) academia (7) lash (7) esperanto (7) home (6) mestrado (6) shell (6) conlang (5) emacs (5) misc (5) latex (4) editor (4) book (4) php (4) worldly (4) android (4) politics (4) etymology (4) wrong (3) security (3) tour-de-scheme (3) kbd (3) c (3) film (3) network (3) cook (2) poem (2) physics (2) wm (2) treta (2) philosophy (2) comic (2) lows (2) llvm (2) perl (1) en-esperanto (1) audio (1) old-chinese (1) kindle (1) german (1) pointless (1) translation (1)

Elsewhere

Quod vide


Copyright © 2010-2020 Vítor De Araújo
O conteúdo deste blog, a menos que de outra forma especificado, pode ser utilizado segundo os termos da licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International.

Powered by Blognir.