Elmord's Magic Valley

Software, lingüística e rock'n'roll. Às vezes em Português, sometimes in English.

Rodando o VLC como root

2012-06-02 10:41 -0300. Tags: comp, unix, mundane, em-portugues

Por padrão, ao ser executado como root, o VLC prestativamente imprime a seguinte mensagem:

VLC is not supposed to be run as root. Sorry.
If you need to use real-time priorities and/or privileged TCP ports
you can use vlc-wrapper (make sure it is Set-UID root and
cannot be run by non-trusted users first).

"Sorry, Dave. I'm afraid you can't do that."

Há duas soluções para esse problema. A solução limpa é recompilar o VLC passando --enable-run-as-root para o ./configure. A solução suja é a sacada genial desse cara: substituir na mão a chamada de geteuid por getppid no binário do VLC. A idéia por trás disso é que os nomes geteuid e getppid têm o mesmo tamanho, e portanto é possível sobrescrever um com o outro no binário sem alterar as posições das coisas no resto do arquivo. geteuid retorna o UID efetivo do processo, que é 0 para o root. getppid retorna o PID do processo pai do processo atual, que nunca é zero, exceto para o /sbin/init [citation needed]. A treta é enganar o VLC fazendo-o pensar que o UID do processo atual é um número qualquer diferente de zero. O artigo original usa o Vim para isso, mas qualquer editor que não estrague binários serve – inclusive o sed sem locale Unicode:

# LC_ALL=C sed 's/geteuid/getppid/g' /usr/bin/vlc >/usr/bin/vlc-hacked
# chmod 755 /usr/bin/vlc-hacked

Pronto! Agora você tem um vlc-hacked, que aceita rodar como root. Você pode apagar/mover o vlc original e colocar o vlc-hacked no lugar, mas eu não recomendaria; melhor que para rodar o vlc como root você tenha que expressar explicitamente o desejo chamando o binário alternativo.

Caveat: Procurando por soluções para esse problema, encontrei um camarada dizendo que o VLC tem mil falhas de segurança, permitindo inclusive a execução de código arbitrário dependendo da fase da lua. (O que eu concluo dessa afirmação é que eu não deveria rodar o VLC at all, mas enfim.) Use por sua conta e risco.

Comentários / Comments (0)

Deixe um comentário / Leave a comment

Main menu

Posts recentes

Comentários recentes

Tags

em-portugues (213) comp (137) prog (68) in-english (50) life (47) pldesign (35) unix (34) lang (32) random (28) about (27) mind (25) lisp (23) mundane (22) fenius (20) ramble (17) web (17) img (13) rant (12) hel (12) privacy (10) scheme (10) freedom (8) copyright (7) bash (7) music (7) academia (7) lash (7) esperanto (7) home (6) mestrado (6) shell (6) conlang (5) emacs (5) misc (5) latex (4) editor (4) book (4) php (4) worldly (4) android (4) politics (4) etymology (4) wrong (3) security (3) tour-de-scheme (3) kbd (3) c (3) film (3) network (3) cook (2) poem (2) physics (2) wm (2) treta (2) philosophy (2) comic (2) lows (2) llvm (2) perl (1) en-esperanto (1) audio (1) old-chinese (1) kindle (1) german (1) pointless (1) translation (1)

Elsewhere

Quod vide


Copyright © 2010-2020 Vítor De Araújo
O conteúdo deste blog, a menos que de outra forma especificado, pode ser utilizado segundo os termos da licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International.

Powered by Blognir.