Elmord's Magic Valley

Software, lingüística e rock'n'roll. Às vezes em Português, sometimes in English.

3G dos infernus

2012-04-19 22:08 -0300. Tags: about, comp, mundane, em-portugues

[Se você caiu aqui procurando por instruções de como configurar o modem ONDA MSA 190 no GNU/Linux, vá direto ao ponto.]

Parece que ficarei sem sinais de fumaça por tempo indeterminado...

Edit: It's back, às duas da madruga. 3G em Viamão é a maravilha das brilhantes maravilhas. Caso esteja pensando em adquirir um, eis o que posso lhe informar:

Atualmente estou usando um 3G da Tim. O preço provavelmente é o melhor que pode ser obtido: com o plano Infinity, se paga 50 centavos por dia (ou seja, 15 reais por mês, na média), e o plano é pré-pago. A banda mensal é ilimitada; supostamente, quando o tráfego mensal passa de 350MB, a velocidade é "reduzida" para 64kbps; na prática, a velocidade nunca passa de 6kB/s (= 48kbps) em qualquer período do mês. A latência normal (medida com ping) é por volta de 1 segundo (vs. os 50ms ou menos do ADSL), mas freqüentemente chega a 4 segundos ou mais. Costumava não cair, mas ultimamente tem caído (e por vezes ficado sem serviço por algumas horas) com uma freqüência menos que agradável.

Hoje, quando houve a queda de serviço, experimentei conectar usando a linha Oi do meu celular. Não tenho plano de dados nem nada que o valha nessa linha, portanto a conexão saiu por um real o minuto. Creio que não exista plano 3G pré-pago pela Oi, e não sei quais são os planos e preços atuais, mas quando procurei era mais do que 15 reais por mês. A velocidade da conexão é mais ou menos a mesma (6kB/s), mas a latência é menor (cerca de 300ms). Para acessar meu diretório home na Inf via sshfs, a latência menor fez uma diferença gritante. Porém, ter um contrato fixo e pagar mais só para ter uma latência menor não está valendo.

[UPDATE (04/10/2012): Existe 3G pré-pago da Oi. É mais barato (10 reais o pacote mensal) e infinitas vezes melhor do que o da Tim. A conexão raramente cai, praticamente nunca fica abaixo dos 50kbps (velocidade depois de consumida a franquia de 30MB), e ocasionalmente fica acima (1Mbps). Por outro lado, aparentemente todas as portas são bloqueadas para acesso remoto com a Oi, enquanto com a Tim a maior parte das portas ficava liberada.]

Não sei do sinal das outras operadoras; sei que são caras. A Vivo não quis me vender o serviço porque eu uso GNU/Linux. E isso que eu insisti (mas não muito; me tapei de desgosto em alguns instantes).

By the way, quando fui para Torres no começo do ano, o 3G da Tim foi simplesmente inutilizável. (Consegui acessar o webmail da Inf, depois de cerca de 15 minutos, setando o timeout do Firefox para 5 minutos (opções network.websocket.timeout.* no about:config).)

By the way[2], o modem que a Tim fornece (ONDA MSA 190) funciona no Linux, mas requer uma treta. Descobri como fazer num fórum do Viva o Linux, mas é mais fácil explicar do que encontrar a página em questão (que além do mais não era particularmente organizada). Assumo um sistema Debian ou derivado (leia-se Ubuntu):

  1. Vire root: sudo bash.
  2. apt-get install usb-modeswitch. Por padrão, o modem se apresenta ao sistema como se fosse um pendrive (com o instalador para Windows do driver do modem); o usb-modeswitch é um programinha que faz o modem alternar para o modo modem.
  3. Crie o arquivo /etc/udev/rules.d/77-mm-zte-port-types.rules, com o seguinte conteúdo:
    ACTION!="add|change", GOTO="mm_zte_port_types_end"
    SUBSYSTEM!="tty", GOTO="mm_zte_port_types_end"
    
    SUBSYSTEMS=="usb", ATTRS{idVendor}=="19d2", GOTO="mm_zte_port_types_vendorcheck"
    GOTO="mm_zte_port_types_end"
    
    LABEL="mm_zte_port_types_vendorcheck"
    SUBSYSTEMS=="usb", ATTRS{bInterfaceNumber}=="?*", ENV{.MM_USBIFNUM}="$attr{bInterfaceNumber}"
    
    ATTRS{idProduct}=="0091", ENV{.MM_USBIFNUM}=="04", ENV{ID_MM_ZTE_PORT_TYPE_MODEM}="1"
    ATTRS{idProduct}=="0091", ENV{.MM_USBIFNUM}=="01", ENV{ID_MM_ZTE_PORT_TYPE_AUX}="1"
    
    LABEL="mm_zte_port_types_end"
    
  4. Crie o arquivo /etc/usb_modeswitch.d/19d2:2000:uPr=ONDA_WCDMA_Technologies_MSM, com o seguinte conteúdo:
    ###################
    # ZTE devices
    # Onda MSA190UP
    
    DefaultVendor= 0x19d2
    DefaultProduct= 0x2000
    
    TargetVendor= 0x19d2
    TargetProductList="0001,0002,0015,0016,0017,0031,0037,0052,0055,0063,0064,0091,0108,0128"
    
    MessageContent="55534243123456782000000080000c85010101180101010101000000000000"
    
    NeedResponse=1
    CheckSuccess=20
    ###################
    
  5. Conecte o modem na máquina. (Se já estava conectado, o mais simples é desconectar e conectar de novo. Divirta-se fazendo o udev rodar sem desconectar o modem, se quiser.)
  6. Pronto! O modem aparecerá em alguns segundos como o dispositivo /dev/ttyUSB3. Você pode configurar a conexão usando o pppconfig (que fica no pacote pppconfig), ou usando as frescuras gráficas de seu ambiente desktop favorito. Se seu aplicativo de configuração pedir o número de discagem, utilize *99***1#, ou *99# (dependendo da operadora).

Hora de dormir, e esperar que o futuro seja melhor amanhã.

Comentários / Comments (0)

Deixe um comentário / Leave a comment

Main menu

Posts recentes

Comentários recentes

Tags

em-portugues (213) comp (138) prog (68) in-english (51) life (47) unix (35) pldesign (35) lang (32) random (28) about (27) mind (25) lisp (23) mundane (22) fenius (20) web (18) ramble (17) img (13) rant (12) hel (12) privacy (10) scheme (10) freedom (8) bash (7) copyright (7) music (7) academia (7) lash (7) esperanto (7) home (6) mestrado (6) shell (6) conlang (5) emacs (5) misc (5) latex (4) editor (4) book (4) php (4) worldly (4) politics (4) android (4) etymology (4) wrong (3) security (3) tour-de-scheme (3) kbd (3) c (3) film (3) network (3) cook (2) poem (2) physics (2) wm (2) treta (2) philosophy (2) comic (2) lows (2) llvm (2) perl (1) en-esperanto (1) audio (1) german (1) kindle (1) old-chinese (1) pointless (1) translation (1)

Elsewhere

Quod vide


Copyright © 2010-2020 Vítor De Araújo
O conteúdo deste blog, a menos que de outra forma especificado, pode ser utilizado segundo os termos da licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International.

Powered by Blognir.