Elmord's Magic Valley

Software, lingüística e rock'n'roll. Às vezes em Português, sometimes in English.

"Há" não é mais verbo

2012-03-28 01:07 -0300. Tags: lang, em-portugues

A palavra na construção há [quantidade de tempo] aparentemente está deixando de ser verbo em português. Prova: observe a frase:

Fui visitar Anacleta ano passado em Porto Alegre, mas ela já tinha se mudado de lá há dois meses.

Creio que a maior parte das pessoas não vê erro algum nela, principalmente se ouvida ao invés de lida. Se "há" fosse verbo, o correto seria "ela já tinha se mudado de lá havia dois meses". O fato de que a construção há [tempo] atrás (com o atrás extra) é geralmente aceita [citation needed] corrobora com a teoria: o que parece estar acontecendo é que o verbo nessa construção está se fundindo com a preposição a; há dois meses passa a ter a mesma estrutura gramatical de a dois metros, daí a necessidade de especificar o atrás.

Essa mudança não é de admirar. A construção há [tempo] é uma oração com um verbo no indicativo funcionando como adjunto adverbial da oração principal, sem qualquer mecanismo de subordinação (um pronome do tipo que ou assemelhado). Orações no indicativo não funcionam assim; de fato, não me ocorre nenhum outro exemplo de oração no indicativo funcionando como advérbio em português (ou qualquer outra língua). Imagino que essa construção seja uma redução da construção um pouco mais lógica há [tempo] que ..., em que o é mais parecido com o bom e velho haver no sentido de existir (que continua sendo um bom e velho verbo).

Comentários / Comments (1)

Marcus Aurelius, 2012-05-29 13:08:48 -0300 #

Sempre achei isso. Esse «há» sempre me soou como preposição, e o uso no passado (quem é que lembra de trocar o «há» por «havia»?) é um dos motivos. Tento mentalmente substituir esse «há» por «faz» para me convencer que ele é um verbo, mas nunca fica muito convincente.


Deixe um comentário / Leave a comment

Main menu

Posts recentes

Comentários recentes

Tags

em-portugues (213) comp (131) prog (64) life (46) in-english (42) unix (33) pldesign (32) lang (31) random (28) about (26) mind (24) lisp (22) mundane (22) web (17) fenius (17) ramble (16) img (13) hel (12) rant (12) privacy (10) scheme (9) freedom (8) lash (7) copyright (7) academia (7) esperanto (7) bash (7) music (7) mestrado (6) shell (6) home (6) conlang (5) misc (5) etymology (4) book (4) worldly (4) php (4) editor (4) latex (4) emacs (4) politics (4) film (3) security (3) kbd (3) network (3) wrong (3) tour-de-scheme (3) c (3) android (3) treta (2) comic (2) poem (2) philosophy (2) cook (2) physics (2) lows (2) llvm (2) old-chinese (1) wm (1) audio (1) german (1) translation (1) perl (1) kindle (1) pointless (1) en-esperanto (1)

Elsewhere

Quod vide


Copyright © 2010-2019 Vítor De Araújo
O conteúdo deste blog, a menos que de outra forma especificado, pode ser utilizado segundo os termos da licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International.

Powered by Blognir.